.posts recentes

. HAPPY B-DAY TO ME!!

.

. A Thousand Years

. Remember what not to do

. UALG - ESGHT 10 anos

. Dias do caraças!!

. Sapatinho lindo de sua mã...

. Wild

. Pois é!

. Encerramento oficial das ...

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.links

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2008

Vida

Descobri no meu baú dos tesouros mais um texto deliciosamente escrito pelo sr Ary Santos...

Deliciem-se também :)

 

Já escondi um amor com medo de perdê-lo,
Já perdi um amor por escondê-lo...
Já segurei nas mãos de alguém por estar com medo,
Já tive tanto medo ao ponto de nem sentir as mãos...
Já expulsei pessoas que amava da minha vida,
Já me arrependi disso...
Já passei noites chorando até pegar no sono,
Já fui dormir tão feliz ao ponto de nem conseguir fechar os olhos...
Já acreditei em amores perfeitos,
Já descobri que eles não existem...
Já amei pessoas que me decepcionaram,
Já decepcionei pessoas que me amaram...
Já passei horas em frente ao espelho
Tentando descobrir quem sou...
Já tive tanta certeza de mim,
Ao ponto de querer sumir...
Já menti e me arrependi depois,
Já falei verdade e também me arrependi...
Já fingi não dar importância a pessoas que amava,
Para mais tarde chorar quieto no meu canto...
Já sorri chorando lágrimas de tristeza,
Já chorei de tanto rir...
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena,
Já deixei de acreditar nas que realmente valiam...
Já tive crises de riso quando não podia...
Já senti muita falta de alguém,
Mas nunca lhe disse...
Já gritei quando devia calar,
Já calei quando devia gritar...
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns,
Outras vezes falei o que não pensava para magoar outros...
Já fingi ser o que não sou para agradar uns,
Já fingi ser o que não sou para desagradar outros...
Já contei piadas e mais piadas sem graça
Apenas para ver um amigo feliz...
Já inventei histórias de final feliz
Para dar esperança a quem precisava...
Já sonhei demais
Ao ponto de confundir com a realidade...
Já tive medo do escuro...
Hoje, no escuro, me acho, me agacho, fico ali...
Já caí inúmeras vezes
Achando que não me iria reerguer...
Já me reergui inúmeras vezes
Achando que não cairia mais...
Já liguei para quem não queria
Apenas para não ligar para quem realmente queria...
Já corri atrás de um carro
Por levar alguém que eu amava embora...
Já chamei pela mãe a meio da noite
Fugindo de um pesadelo,
Mas ela não apareceu
E o pesadelo foi maior ainda...
Já chamei pessoas próximas de 'amigo',
E descobri que não o eram...
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada
E sempre foram e serão especiais para mim...
Não me dêem fórmulas certas
Porque não espero acertar sempre...
Não me mostrem o que esperam de mim
Porque vou seguir o meu coração...
Não me façam ser quem eu não sou,
Não me convidem a ser igual
Porque sinceramente sou diferente...
Não quero amar pela metade,
Não quero viver de mentiras,
Não quero voar com os pés no chão...
Quero poder ser eu mesmo,
Mas com certeza, não serei o mesmo para sempre..."

... sim ando aqui com uns posts um bocadinho lamechas...prometo que o próximo vai ser bem melhor!!
 
 
Misteriously J
sinto-me: A voar com os pés no chão!!
música: I still havent foud what Im lookig for - Damien Rice
tags:

publicado por thestarsareshining às 19:31

link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Mickey a 28 de Outubro de 2008 às 10:34
Admito foi por preguiça que ainda não comentei isto. É que um tipo de nome Ary e que fazia músicas para o Festival da Canção tem que ser meio duvidoso. E depois essa treta de "combater a ditadura com poeminhas...." é roto. Se isso realmente fosse másculo e desse resultado estariamos hoje a falar nos Poetas de Abril que nas suas biciletas pasteleiras com cestinhos à frente invadiram a Emissora Nacional e declamaram versos adaptados do Manifesto Anti-Dantas de Almada Negreiros que derrubaram o regime opressor:

Basta pum basta!!!

Uma geração que consente deixar-se representar por um Salazar é uma geração que nunca o foi. É um coio d'indigentes, d'indignos e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode parir abaixo de zero!
Abaixo a geração!
Morra o Salazar, morra! Pim!
Uma geração com um Salazar a cavalo é um burro impotente!
Uma geração com um Salazar ao leme é uma canoa em seco!
O Salazar é um cigano!
O Salazar é meio cigano!
O Salazar saberá gramática, saberá sintaxe, saberá medicina, saberá fazer ceias pra cardeais, saberá tudo menos escrever que é a única coisa que ele faz!
O Salazar pesca tanto de poesia que até faz sonetos com ligas de duquesas!
O Salazar é um habilidoso!
O Salazar veste-se mal!
O Salazar usa ceroulas de malha!
O Salazar especula e inocula os concubinos!
O Salazar é Salazar!
O Salazar é António!
Morra o Salazar, morra! Pim!

Não foi assim, mas bolas, tinha tido muito mais piada.


De thestarsareshining a 28 de Outubro de 2008 às 11:12
Txi vou-ta contar tu demoras-te a vir aqui mas arrumas-te o meu poemazito à box!!!


De Mickey a 28 de Outubro de 2008 às 11:18
Agora a parte catita...em 1974 o Salazar já tinha batido o real botedo há 4 anitos. Quem teve que se aguentar à bronca e dar uma volta na Avenida da Liberdade não num F1 mas numa Chaimite foi o Marcello caetano que antes de ser Presidente do Conselho era Marcelo...tal como o Americo Thomaz era só Tomás antes de ser Presidente da Republica e o Snoopy era só Snupi antes de aparecer na banda desenhada.

(as letras de confirmação tão meio apagadas. Querem ver que já sou meio virus??)


De thestarsareshining a 28 de Outubro de 2008 às 11:22
Epah nem virus nem meio virus, estas a transformar-te no meu professoar de história!!!
Senhor professor avise-me quando marcar o teste!!! ah ah ah
Continua com a aula!


De Lindona a 30 de Outubro de 2008 às 01:03
Foca, Mickey, és um destruidor de sonhos, c'um caneco!

Ora o rejubilante Manifesto Anti-Dantas esfacelado, ora os nomes artísticos dos nossos governantes (que ninguém sabia que eram artísticos até ao teu comentário, aqui, sobre o assunto), ora até o snoopy, esventrado em praça pública, e apedrejado pelas tuas mãos sujas de pecado!!!

Porrada ao Mickey, Porrada! Plim!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds