.posts recentes

. HAPPY B-DAY TO ME!!

.

. A Thousand Years

. Remember what not to do

. UALG - ESGHT 10 anos

. Dias do caraças!!

. Sapatinho lindo de sua mã...

. Wild

. Pois é!

. Encerramento oficial das ...

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.links

Quinta-feira, 19 de Março de 2009

O meu GRANDE pai!

De vestido cor de rosa e azul, collant branco e sapatinho no pandam, com um lacinho a agarrar um caracol e a brincar no chafariz ao pé da casa dos meus avós…lembro-me deste dia como se fosse ontem!

Foi um dos muitos da minha infância à princesinha, sim não tenho do que reclamar, nunca tive… ele cheio de paciência a aturar a minha birra porque queria brincar com a água ao pé das abelhas mas eu tinha medo das abelhas… depois foi um passeio de mota e se não me engano foi a um domingo à tarde, primeiro fui eu e depois as minhas manas…é com tanta doçura que me lembro de todos os momentos que partilhei, de todas as musicas que me cantou quando eu era pequenina, da minha barbie que ele me trouxe da Suiça que tinha collants cor de rosa e que brilhavam porque ele sabia que eu ia gostar, das primeiras ferias no Algarve em que foi pacientemente comigo comprar um fato de banho porque o outro os cães tinham rasgado e comprou-me o mais bonito, azul com margaridas brancas, de como ia nadar comigo às costas até à bóia e voltava só para me ver sorrir…txi são tantas coisas que o mundo cibernautico não ia chegar para eu descrever todos estes momentos….
Lembro-me de como quando a musica da Cinderela passava na rádio ele me dizia que era eu a Cinderela dele e o que essa musica hoje me toca…
Por isso hoje que é o dia dele, o dia do meu grande Pai, quero que todos saibam que ele sempre foi o meu herói, ele é o meu herói todos os dias que levanto e assim será sempre, sempre, sempre!
Eu ainda sou aquela menina pequenina que sempre o soube levar, que sempre teve a vida facilitada com um sorriso e se hoje sou o que sou é a ele que agradeço, se sou mulher, crescida, bem criada, educada, responsável e boa pessoa (ok toque à convencida mas  todos os dias faço por isso) é a ele que devo, é as noites de paciência que sempre teve para me aturar J, ás noites que perdeu quando eu estava doente, às noites que ainda perde quando eu estou doente, aos telefonemas de preocupação diária desde que sai de casa, à preocupação de saber se eu já comi, de saber se eu estou realmente bem, ao esforço nas nossas conversas a caminho do supermercado aos domingos  para eu me sentir sempre bem, para eu me continuar a sentir aquela menina de vestido cor de rosa e azul…a tudo mas mesmo tudo OBRIGADA PAPI és o meu orgulho!

Feliz dia do Pai papi, Feliz dia do Pai a todos os Pais, porque voces são especiais hoje e sempre e merecem :)

sinto-me: nostálgica
música: Cinderela
tags:

publicado por thestarsareshining às 00:02

link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De Miss. M a 19 de Março de 2009 às 00:17
Querias brincar perto das abelhas, tiveste medo, fizeste birra e o teu pai ficou lá contigo?!
Começaste cedo a ser complicada, lol
Beijocas**


De thestarsareshining a 19 de Março de 2009 às 09:21
Calunias!!!ih ih ih


De Grão de Areia a 19 de Março de 2009 às 01:56
Epá, Moniquinha, tiraste-me as palavras da boca.
Então, mas vamos lá pôr ordem nas bolinhas :)

1. «ele cheio de paciência a aturar a minha birra porque queria brincar com a água ao pé das abelhas mas eu tinha medo das abelhas… »
- Parece que há hábitos que não se perdem, porque continuas a curtir estar mesmo é ao pé de quem te pica e tem veneno, ainda que tenhas "medo"... tás lá! :)

2. «(...)das primeiras ferias no Algarve em que foi pacientemente comigo (...) de como ia nadar comigo às costas até à bóia e voltava (...)»
- ...voltava... Sozinho! Chama lá o pai porque ele se esqueceu de ti cá, pah!!! A ver se ele perde esse péssimo hábito... :P

3. «Lembro-me de como quando a musica da Cinderela passava na rádio ele me dizia que era eu a Cinderela dele(...)»
- Eu sempre soube que no fundo tinhas tido uma infância difícil, nunca me enganaste. O papy punha-te a esfregar o chão quando descobriu que eras bastarda, não era?! Podes dizer... fala... É melhor quando falamos e choramos...dizem que cura. :)

4. «(...)é a ele que agradeço, se sou mulher, crescida(...)»
- Crescida?!?! Cof! Cof! És bem crescida, tu! Para lá de 50cm à vontadinha!!! :)

5. «(...) é a ele que devo, é as noites de paciência que sempre teve para me aturar (...)»
- E deixou-te ele na bóia, o que faria se não te tivesse deixado!!!! :)

De facto, o teu Papy só pode ser um orgulho! :)

Nota: BAHAHAHAHHAA Estou-me aqui a rir à bruta!


De thestarsareshining a 19 de Março de 2009 às 09:20
Ah ah ah epah to aqui a rebolar a rir :p


De Mr. G a 19 de Março de 2009 às 18:10
Parabens a mim e a todos que, como eu, são papás...


De thestarsareshining a 19 de Março de 2009 às 18:57
:)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds