.posts recentes

. HAPPY B-DAY TO ME!!

.

. A Thousand Years

. Remember what not to do

. UALG - ESGHT 10 anos

. Dias do caraças!!

. Sapatinho lindo de sua mã...

. Wild

. Pois é!

. Encerramento oficial das ...

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.links

Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

São Valentim

 

 

Como estamos ai a dias de celebrar mais uma daquelas datas dedicadas essencialmente ao consumismo e não ao amor, como deveria ser a real intenção, passo a levantar aqui o veu para os mais curiosos sobre este dia...
 
O Dia dos Namorados, tratado em muitos países como Dia de São Valentim, é uma data comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais, quando é comum a troca de cartões com mensagens românticas e presentes com simbolismo de mesmo intuito, tais como as tradicionais caixas de bombons em formato de coração. No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho, já em Portugal a data é celebrada num dia mais tradicional: 14 de Fevereiro.
Mas o Dia de São Valentim não nasceu para ai só porque sim...a história remonta a um obscuro dia de jejum já tido em homenagem São Valentim. A associaçãp com o amor romântico chega depois do final da Idade Média durante a qual o conceito de “amor romantico” foi formulado.
O dia é hoje muito associado com a troca mútua de recados de amor em forma de objetos simbólicos. Símbolos modernos incluem a silhueta de um coração e a figura de um Cupido com asas. Iniciada  no século XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Estima-se que, mundo afora, aproximadamente um bilhão de cartões com mensagens românticas são mandados a cada ano, tornando este dia um dos mais lucrativos do ano. Também se estima que as mulheres comprem aproximadamente 85% de todos os presentes no Brasil.
O São Valentim
Durante o governo do imperador Cláudio II, este proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército. Cláudio acreditava que os jovens se não tivessem família, se alistariam com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimônias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Assíria filha do carcereiro a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaram-se apaixonando e ela milagrosamente recuperou  a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “De seu Valentim”, expressão ainda hoje utilizada. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.
...
 
Já na Roma Antiga, a data era celebrada em 15 de Fevereiro (que, no calendário romano, coincidia aproximadamente com o início da Primavera) no festival Os Lupercalia. Na véspera desse dia, eram colocados em recipientes pedaços de papel com o nome das raparigas romanas. Cada rapaz retirava um nome, e essa rapariga seria a sua namorada durante o festival (ou, eventualmente, durante o ano que se seguia).
 
Com o tempo, o dia 14 de Fevereiro ficou marcado como a data de troca de mensagens amorosas entre namorados, sobretudo em Inglaterra e na França - e, mais tarde, nos Estados Unidos. Neste último país, onde a tradição está mais institucionalizada, os cartões de S. Valentim já eram comercializadas no início do século XIX.
Há também quem defenda que o costume de enviar mensagens amorosas neste dia não tem qualquer ligação com o santo, datando da Idade Média, quando se cria que o dia 14 de Fevereiro assinalava o princípio da época de acasalamento das aves.
No Japão existem dois dias dos namorados. O primeiro é 14 de fevereiro, quando as mulheres dão presentes e chocolates para amigos, namorados e afins. E no dia 14 de março é a vez dos homens retribuírem o presente.
 

Eu não sou uma grande fã do dia, mas que é bonito é bonito... afinal o amor não está fora de moda, não é embaraçante, é bom e alimenta a alma, por isto e por muito mais queridos amem loucamente e lembrem-se que quando se fecha uma porta existe sempre uma janela aberta, é preciso é querermos e ter humildade para aceitar o presente

 

Jo

 

sinto-me: a precisar de ferias
música: Love full

publicado por thestarsareshining às 15:30

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds